Review AutoBlog: New Fiesta Hatch

Review AutoBlog: New Fiesta Hatch

06/07/2012 3 Por Renê Fraga

Primeiras Impressões:

Minha primeiras impressões são as melhores possíveis, achei o carro extremamente robusto e confortável para dirigir, talvez a direção elétrica seja a maior culpada por me fazer chegar a esta conclusão.

Com relação ao motor, tenho notado que o mesmo é bem responsivo e anda bem inclusive em ruas com grandes subidas. E falando em subidas, o carro tem um truque: notei que mesmo com o pé na embreagem e largando o freio, ele não volta para trás como qualquer carro tradicional faria.

Interior

Partindo agora para dentro do carro, o interior é ainda mais impressionante, os detalhes e acabamento do carro são extremamente elegantes e possuem um toque bem esportivo.

Não tem como não olhar para a parte central do painel, onde você tem um grande visor para acompanhar uma série de recursos, incluindo o rádio, telefone, CD, entrada auxiliar e muito mais. Não lembro quem perguntou mas este carro tem bluetooth e um sistema Sync da Microsoft.

Parte dos controles também ficam na direção, permitindo atender uma ligação e navegar entre os menus exibidos no visor. As cores do painel são bem agradáveis, tendo uma boa leitura mesmo em algum momento de extrema escuridão.

Os passageiros também são bem atendidos pelo design do #NewFiesta, além do painel ser acessível (para quem está na frente), há uma tomada extra de 12v para quem está no banco de trás do carro, algo bem legal para quem gosta de carregar gadgets e tudo mais.

Opinião final

Como disse anteriormente, o carro tem um design impecável, conforto, direção elétrica, acabamento interno e recursos bem interessante aos utilizadores. Hoje, se eu pudesse, eu compraria esse carro. Aliás, eu já tinha interesse nele e a possibilidade de fazer um review foi apenas uma confirmação do que eu já esperava.

Nenhum ponto negativo? Sim, mas foram poucos: na minha opinião, o carro deveria ter um sistema de GPS já integrado ao visor central, acaba sendo muito estranho acoplar mais uma tela no painel.

Também notei que ele apresentou um consumo de combustível um pouco alto, gastei 1/4 de tanque (abastecido com gasolina) em uma viagem de ida e volta de SP à Itanhaém. Vale destacar que utilizei a Anchieta na ida e a pista antiga da Imigrantes na volta, o que pode ter afetado o consumo.

Embora ele tenha uma boa visibilidade pelos espelhos, o retrovisor central sofre uma boa perda de visão com os encostos de cabeça do banco traseiro. Acho que a Ford poderia ter encontrado um meio de permitir que eles pudessem ser baixados quando não há utilização.

Fora esses detalhes, não encontrei nenhum outro que realmente chame a atenção ou seja um grande problema para o utilizador. Estou bem contente por ter sido escolhido para fazer este “review pessoal” aqui no Google+ e espero que vocês tenham gostado.

Caso tenham interesse em algum detalhe do carro, podem retornar o contato através dos comentários abaixo. Este post encerra a minha aventura com o #NewFiesta . Até a próxima! :-)

*Review pessoal publicado originalmente no Google+ | Reprodução.